Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


Noivo paraplégico surpreende noiva com dança nupcial em pé

Com a ajuda de um amigo, Joey Johnson desenvolveu um equipamento para suspendê-lo no ar e permitir que o casal tivesse uma primeira dança sem a cadeira de rodas

paraplegico


Danças nupciais são geralmente emocionantes, mas poucas conseguem comover tanta gente quanto a do sargento Joey Johnson e sua noiva, Michelle Johnson. Paraplégico, Joey decidiu surpreender a noiva, dançando com ela na festa de casamento. O vídeo que registrou o momento viralizou na internet na última semana e rendeu matérias mundo afora.

Com a ajuda de um dos padrinhos, o sargento preparou um equipamento para suspendê-lo no ar e assim conseguiu dançar olhando nos olhos de Michelle – algo que não acontecia desde 2012, quando Joey sofreu o acidente de moto que o colocou na cadeira de rodas.

“Quando a Michelle entrou, o salão estava quieto e ela não tinha ideia do que estava acontecendo. Ela viu o Joey em pé e tinha um sorriso gigante no rosto, que rapidamente se converteu em lágrimas. Todo mundo chorava”, conta a fotógrafa Jennifer Davis, que registrou o momento. E não é difícil de acreditar no depoimento dela. Muito pelo contrário. Ao som de uma das canções preferidas para casamentos atualmente – A Thousand Years, de Christina Perri – complicado é segurar as lágrimas, mesmo sem saber nada sobre a história do casal.

Jennifer conta que o planejamento durou meses e que um amigo segurou as cordas que sustentavam Joey durante toda a dança. “Isso trouxe ainda mais emoção ao salão. A dança foi um momento lindo não só para capturar, mas também de se experimentar”, completa.

Jennifer conta que o planejamento durou meses e que um amigo segurou as cordas que sustentavam Joey durante toda a dança. “Isso trouxe ainda mais emoção ao salão. A dança foi um momento lindo não só para capturar, mas também de se experimentar”, completa.
O casal se conheceu em 2012, em um show de country em Indiana, nos EUA, pouco depois de Joey ter voltado de uma temporada servindo ao exército norte-americano no Afeganistão. Apenas quatro meses após o encontro, o sargento se envolveu no acidente que o deixou paraplégico. Mesmo assim o casal continuou junto e no ano seguinte decidiram se casar.

(Fonte:Gabriella Pacheco – Saúde Plena)

Nenhum comentário




Latest Articles