Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


Em 10 dias, quatro policiais militares são baleados no DF e no Entorno

Dois ficaram feridos nesta sexta; eles estão internados e não correm risco.
Na quinta, morreram dois PMs que reagiram a assalto; polícia investiga.


Dois policiais militares foram baleados na noite desta sexta-feira (30) no Distrito Federal e no Entorno. Eles foram encaminhados a hospitais do DF e continuavam em observação até a manhã deste sábado (31). Em menos de um mês, foram quatro PMs hospitalizados na capital. Na quinta (29), dois morreram.

O policial foi encaminhado ao Hospital Regional de Planaltina, onde passou por exames. Segundo a Secretaria de Saúde, o quadro é estável. A 31ª Delegacia de Polícia (Planaltina) investiga o caso.Um dos casos foi registrado nesta sexta (30) em Rajadinha, na área rural de Planaltina. O PM reformado Alfredo Sabino de Oliveira, de 50 anos, foi abordado por homens armados ao sair de uma festa religiosa. Oito tiros foram disparados, e quatro atingiram o militar de raspão no rosto, nas costas, no braço e na perna.

Entorno
Em Valparaíso de Goiás, cidade a 35 km de Brasília, um policial também ficou ferido na noite desta sexta (31), durante uma troca de tiros. Membros da corporação estavam em uma viatura descaracterizada em um parque da cidade, por volta das 20h, quando foram abordados pelo grupo de assaltantes.

Cristiano Oliveira, de 35 anos, levou dois tiros no tórax e foi encaminhado ao Hospital de Santa Maria, no DF. O estado de saúde não foi divulgado. Dois suspeitos foram presos e encaminhados à delegacia de Valparaíso.

Mortes
Com os dois casos desta sexta (31), chega a quatro o número de policiais militares baleados em 2015 no DF e no Entorno. Na última semana, dois deles morreram.

O policial militar de Goiás Daniel Falcão, de 28 anos, teria reagido a uma tentativa de assalto na quinta-feira (29) em Samambaia, onde morava. Ele estava à paisana e foi baleado na cabeça.

Falcão chegou a ser encaminhado para o hospital da região, mas não resistiu ao ferimento. Dois suspeitos menores de idade foram apreendidos, e um terceiro, de 30 anos, estava internado no hospital de Ceilândia com ferimentos de arma de fogo até esta sexta (30).

No mesmo dia, o policial Luiz Claudio Coutinho, de 48 anos, também morreu no hospital. Ele foi baleado no dia 22 após reagir a um assalto em Taguatinga Norte. Segundo a investigação, ele foi abordado por dois homens quando saía de casa, na quadra QMN 26.

Coutinho levou um tiro de raspão na cabeça e também foi atingido no tórax e no braço. Os suspeitos fugiram. A Polícia Civil investiga os dois casos.

Fonte: G1/DF

Nenhum comentário




Latest Articles