Pais reclamam da paralisação de obras de três escolas em Novo Gama

Sem ter onde matricular os filhos, eles têm que recorrer a escolas do DF. Secretaria de Educação diz que não tem dinheiro para concluir construção.


As construções de três escolas estaduais estão paradas em Novo Gama, no Entorno do Distrito Federal. Em uma delas, no Setor Monte Serrat, a obra está abandonada há cinco anos, comprometendo a estrutura já feita. Sem ter onde matricular os filhos, pais têm que recorrer a escolas do DF.

Mãe de um dos alunos que precisam viajar para estudar, Nadja de Oliveira Coutrin reclama do descaso com a educação. “Eu acho uma falta de respeito com a população, pegar o dinheiro público e colocar numa escola e não funcionar, deixar desta forma, é um absurdo”, diz.

Orçada em quase R$ 4,3 milhões, a escola do Residencial Alvorada deveria ser entregue no último dia 12. No entanto, apenas o muro ficou pronto. “Ano que vem os filhos vão ter que se deslocar para outra cidade porque aqui não tem mais a série deles. Se esta escola estivesse pronta, no caso, eles continuariam aqui”, reclama a cabeleireira Rose Conceição.

No Setor Lunabel, a obra também está abandonada. Capacetes e materiais de construção foram deixados no local. Pedreiros pararam as atividades devido ao atraso no pagamento do salário, que é de três meses, segundo eles. “Deixaram a gente aí, falaram que se o salário não sair, podia parar com o serviço”, relata o pedreiro Emanuel Messias.

A Secretaria Estadual de Educação informou que as escolas dos setores Lunabel e Residencial Alvorada estão paradas por falta de dinheiro. Em relação à unidade de ensino do bairro Monte Serrat, será feita uma nova licitação para a continuidade da construção. No entanto, não há prazo para a retomada das obras.

Escola deveria ter sido entregue no dia 12, mas obra está abandonada (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)



Fonte - G1/GO

Postar um comentário

0 Comentários