Índice de analfabetos em Santa Maria cresce em dois anos, diz estudo

Grupo passou de 2,28% para 3,50% dos moradores entre 2013 e 2015. Presidente da Codeplan, responsável pelo estudo, considerou 'preocupante'.

Estátua de Santa Maria, que dá nome à região administrativa do Distrito Federal, em praça (Foto: Isabella Formiga/G1)

Levantamento da Companhia de Planejamento do Distrito Federal mostra que o índice de analfabetos em Santa Maria cresceu entre 2013 e 2015. De acordo com o estudo, a quantidade de pessoas com mais de 15 anos que não sabe nem ler nem escrever passou de 2,28% para 3,50%.

A Codeplan estima 125.123 moradores na região. A maior parte (51,24%) constituída de mulheres, segundo a companhia. Uma em cada quatro pessoas que vivem em Santa Maria tem entre 40 e 59 anos.

Em entrevista à Agência Brasília, o presidente da Codeplan, Lúcio Rennó, afirmou que esse aumento combinado à diminuição de pessoas com nível superior deve ser monitorado. “Isso é preocupante e nos faz pensar no fortalecimento do setor educacional, principalmente na alfabetização."

Pela pesquisa, todos as casas da região têm energia elétrica, 91,17% têm acesso a esgoto e 97,17% a serviços de limpeza urbana. Há pelo menos um carro em 61% dos domicílios. Ao todo, 59,67% das casas têm internet e 40% possuem TV por assinatura. Dentre os moradores, 58,28% têm acesso à internet.



Fonte - G1/DF

Postar um comentário

0 Comentários