Comércio intenso atrai novos empreendimentos para o Pedregal

Definido como um grande corredor comercial, o Pedregal engloba todo tipo de serviço e é considerado pelos comerciantes e moradores a principal fonte de renda de Novo Gama, além de autossustentável.



“E para que eu vou querer sair daqui?”, é uma pergunta que faz parte do repertório dos moradores do bairro do Pedregal, em Novo Gama, ouvidos pela equipe de reportagem nos últimos dias. Comum era a resposta: moro aqui a vida inteira e daqui não saio por nada. Com mais de 70 mil habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Pedregal é um bairro que se autossustentada, além de ser um dos mais importantes entre os demais bairros que compõem o município de Novo Gama no estado de Goiás.

No principal corredor do bairro, cartão postal e portão de entrada, está localizado o maior centro comercial do município e um dos maiores do entorno do DF, “O mais importante é são as presenças de agências bancárias, uma variedade imensa de casas comerciais e predominando o comércio móveis, lanchonetes, lojas de departamentos, etc., além de outros serviços, que atraem pela certeza de encontrar o que procura sem precisar sair do município”, descreve Clarindo de Jesus Rosa, morador e comerciante pioneiro do bairro, que atrai consumidores de todo o município bem como de cidades vizinhas, entre as quais estão Santa Maria, Gama e Valparaiso de Goiás.

Um dos principais investidores da Avenida principal do Pedregal, sem sobra de dúvidas é o empresário Miguel Barbosa, popularmente conhecido por “Miguelão”, proprietário de uma grande parcela das edificações da avenida.

Além do comercio forte da comercial do Pedregal, ainda se destaca a feira livre que também está localizada na região, sendo essa, considerada o maior comércio a céu aberto do Centro Oeste, desbancando inclusive a feira da Lua em Goiânia e a feira da Ceilândia no Distrito Federal. Por dia (aos domingos), passam pela “feira do Pedregal” aproximadamente 50 mil pessoas, quase a metade da população do município.

Com produtos atrativos e de procedência, na feira do Pedregal são encontrados desde carnes, frutas e legumes, até roupas, calçados e brinquedos. Tudo a preços populares, qualidade e procedência.

Para o secretário da Industria e Comercio do Município, Edir Dias da Silva, o comércio do Pedregal se destaca pela excelente localização e a variedade de produtos oferecidos. “Temos a honra de poder possuir um dos comércios mais fortes da região e principal fonte de arrecadação do município. Independente as crises que atravessa o Brasil, o comércio da avenida principal do Pedregal continua a todo vapor e atraindo cada vez mais consumidores”, enfatizou.

Por sua vez o presidente da Associação Comercial de novo Gama, Pedro Colaço falou da importância da comercial do Pedregal para o entorno do DF. “Recebemos diariamente pessoas vindas de todas as cidades do Entorno e do DF para prestigiar o comercio do Pedregal. Isso demonstra a importância dessa comercial para fomentar a economia, não somente do Novo Gama e sim de toda região”, enfocou.

Já o prefeito Everaldo Vidal, afirmou que o governo municipal tem se emprenhado ao máximo para a melhoria da comercial, no que tange acessibilidade, segurança e comodidade tanto para os consumidores, bem como para os comerciantes que estão instalados na região. “Estamos a cada dia procurando novas maneiras de fazer o Pedregal cada vez melhor e mais agradável. Quando falamos do Pedregal, incluímos a sua avenida comercial que é o cartão postal e portão de entrada para o bairro. Assim, começamos o recapeamento asfáltico a partir do ponto final e já estamos com aproximadamente com 50% concluído, estamos intensificando a fiscalização a fim de garantir a comodidade, principalmente dos consumidores e estamos adotando outras medidas visando o bem estar tanto dos comerciantes, quanto dos consumidores”, explicou Everaldo


Na avenida comercial do Pedregal estão instalados os principais comércios da região. Grandes ancoras como Casas Bahia, Lojas Americanas, Star Móveis, Giraffas, entre outras, bem como os bancos Itaú, Caixa Econômica e Banco do Brasil, além do Vapt-Vupt, Câmara de Vereadores, Secretarias de Educação e Serviço Social e principais supermercados. De acordo com a Associação Comercial, são mais de 500 comércios instalados ao longo da avenida comercial. Edir avalia que o comércio melhora a cada dia e a chegada de outras lojas fortalece ainda mais o comercio na região. “A concorrência nesse sentido ajuda porque traz o cliente para o mercado”, finalizou.










Fonte - Agencia Satélite

Postar um comentário

0 Comentários