Mulher desabafa com Rollemberg: “Não faz nada pela saúde e fica tirando foto aí”

Durante visita à Rodoviária, o governador teve que engolir um sapo da cidadã, que alegar ter esperado 10 horas por atendimento

YouTube/Reprodução

Constrangimento. Na semana em que a saúde do Distrito Federal virou tema de debate, o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) não escapou de ouvir poucas e boas da população. Enquanto visitava o metrô da Rodoviária, nessa terça-feira (8/3), o socialista teve que engolir um verdadeiro sapo de uma cidadã.

“Você não tá fazendo nada pela saúde e tá tirando foto aí! Pelo amor de Deus, as pessoas estão morrendo nas filas. Eu fiquei 10 horas no Hospital Regional de Taguantiga (HRT) e não fui atendida”, gritou a mulher.

Calcanhar de aquiles
A saúde do DF tem sido um dos “calcanhares de aquiles” da gestão Rollemberg. Desde o começo do governo, já foram quatro nomes: Ivan Castelli, João Batista de Sousa, Fábio Godim e (o atual ocupante) Humberto Lucena — o polêmico/adorável “Secregato“.

A nova gestão dará continuidade ao processo de regionalização da saúde no DF. Toda a equipe permanece empenhada nos projetos que foram iniciados. Vamos dar seguimento a ações que estão à altura da confiança da população de Brasília"
governador Rodrigo Rollemberg, ao justificar a mudança

Apesar da expectativa de melhora no sistema de saúde pública, o novo titular da pasta, nem bem assumiu o cargo, teve que dar explicações sobre a acusação de ter contas na Suíça e de trabalhar em duas unidades da rede pública do DF e no Senado ao mesmo tempo.


Fonte - Metrópoles

Postar um comentário

0 Comentários