Santa Maria 25 anos

A Fassanta, tradicional festa de aniversário de da cidade retorna para a alegria do povo!

Ao fazer um balanço da Fassanta dos quatro dias de festa, os coordenadores do evento afirmam estarem felizes com a participação maciça do público, bem como pela qualidade dos artistas que participaram do evento.

“Foi com a intenção de trazer de volta a alegria dos moradores de Santa Maria que estavam perdendo a tradição de comemorar o aniversário da cidade com shows na praça. O resultado não podia ser diferente, pois o publico mostrou satisfação e alegria em comemorar junto com o governo mais esse grande evento. Acreditamos ter superado as expectativas e na volta da Fassanta, houve um aumento excepcional em relação ao dos anos anteriores”, disse um o administrador da cidade Hugo Gutemberg.

Ele, que participou dos quatro dias de evento ficou bastante satisfeito. “Nossa cidade não perde para nenhuma outra em questão de organização e público. Já estamos analisando as possibilidades e se Deus permitir, vamos tentar fazer outros eventos iguais a esse para abrilhantar ainda mais os festejos aqui em Santa Maria”, disse o animado administrador.

Hugo Gutemberg disse à reportagem do jornal Satélite Notícias que “a festa tem o brilho do povo de Santa Maria. Presentear a comunidade com uma festa igual a essa e receber como retorno o carinho e a satisfação de todos é algo indescritível. Santa Maria merece uma festa do tamanho da sua gente e da dimensão do seu prestígio”, completou o administrador.

Durante os quatro dias de festa, a programação de aniversário de Santa Maria ainda teve desfile cívico, exposições, ações sociais, corrida, encontro de pets e shows gospel.

Artistas arrasaram na Fassanta

Betinho dos Teclados, Di Cardoso, Versão Crucial, Jhonny e Rahony, entre outros...

Os artistas fizeram show à parte na Fassanta e levantaram o público. A festa foi uma das melhores, tanto na quantidade de público quanto em artistas locais, ao todo foram mais de vinte atrações, na sua grande maioria formada por artistas da cidade. Segundo Betinho dos Teclados, artista local, “é muito importante à organização valorizar prata da casa, pois eles (artistas) nunca deixam a desejar, muito pelo contrário, temos performances e repertório compatível a qualquer artista de nível nacional, exemplo disso foi as nossas apresentações aonde reuniu um grande público”, disse.

De acordo com Fabrício Marinho, um dos organizadores do evento, “valorizar a prata da casa é muito importante. O nosso objetivo é também divulgar a cultura local para o restante do DF, objetivando o reconhecimento desses artistas”, enfatizou.

Segundo ele, que, desde que assumiu o cargo, sempre procurou valorizar a prata da casa. Foram vários eventos realizados na atual gestão, porém em todos eles, procurou sempre compor com artistas locais. “É uma questão de responsabilidade com a cidade”, disse o coordenador.

Por sua vez o administrador Hugo Gutemberg disse da importância de sempre contar com os artistas locais em eventos na cidade. “Santa Maria tem um celeiro repleto de artistas de todas as categorias e valoriza-los é um compromisso que temos que honrar”, disse.

Comerciantes comemoram vendas durante a festa

Os comerciantes que se ocuparam quiosques na área da Fassanta comemoraram as vendas durante os quatro dias de festa. Poucos foram os comerciantes que voltaram com alguns produtos para casa.

Segundo “Pururuca”, que vendia espetinho, no ultimo dia a mercadoria acabou antes do término da festa. “A alternativa que me restou foi fechar a barraca e assistir ao show de encerramento junto com meus amigos e familiares”, brincou.

Outros comerciantes também comemoraram o sucesso das vendas. Até mesmo os ambulantes que se instalaram na área externa do evento, também ficaram satisfeitos. Para Maria de Fátima Silva, que vendia sanduiches, o ponto alto foi o sucesso das vendas. “Moço, vendi num único dia cerca de seiscentos cachorros-quentes. Isso é um recorde que não vou esquecer jamais”, comemorou.

A praça de alimentação estava bem distribuída e oferecia conforto e comodidade para os clientes que se dirigiam a local.

Anônimos garantem sucesso da Fassanta

A festa em comemoração aos 25 anos de Santa Maria só foi um sucesso, graças aos vários “anônimos” que garantiram que o evento tivesse o brilho apresentado. Assim, definiu o administrador Regional Hugo Gutemberg ao se referir aos trabalhos, principalmente daqueles que não são servidores públicos e mesmo assim, se empenharam ao máximo durante os quatro dias da festa.


“Agradeço a todos os anônimos que se empenharam ao máximo para o sucesso da festa, bem como aos servidores que estiveram presentes ao evento durante os três dias, pois foram responsáveis pelo sucesso da dessa festa. Se não fosse pelo empenho deles, teríamos dificuldades em realizar o evento”, finalizou.   


Fonte - Agência Satélite

Postar um comentário

0 Comentários