Agora é com Ibaneis e Bolsonaro


Após vários anos de lutas e sofrimento a população brasileira voltou a ter esperanças. Na presidência Jair Bolsonaro promete ser linha dura e no DF Ibaneis Rocha fará uma política que lembra os governos de Roriz, voltada exclusivamente aos mais necessitados e a reconstrução da capital federal. 


Ibaneis Rocha e Jair Bolsonaro prometem que irão fazer uma revolução na política, tanto na do DF, quanto no Governo Federal, após assumirem seus postos a partir da próxima terça-feira (01). 

No DF, Ibaneis que chegou ao governo surpreendendo até mesmo os mais experientes cientistas políticos, quando saiu de um percentual menor do que 2% e sagrou-se governador com mais de 75% dos votos válidos, conquistados após uma campanha eleitoral de apenas 45 dias, promete fazer um governo voltado aos mais humildes, bem como, na reconstrução do DF. 

Após as eleições as ações de Ibaneis durante a transição vem conquistando cada vez mais adeptos e enchendo de esperança a população do Distrito Federal. Ele promete um governo enxuto, mas, trazendo de volta as “grandes transformações” que lembram os governos do saudoso governador Roriz. 

Por sua vez o capitão reformado do Exército Brasileiro, com o lema “Brasil acima de tudo e Deus acima de todos”, desbancou a esquerda comandada pelo Partido dos Trabalhadores e acendeu o brilho dos mais de 250 milhões de brasileiros cansados dos constantes escândalos envolvendo a política nacional. 

Bolsonaro também contrariou os mais experientes cientistas políticos, pois, além de fazer uma campanha modesta financeiramente, teve um dos menores tempo de TV, teve como inimiga a grande mídia, e no segundo turno não saiu de casa devido o atentado que sofreu, ou seja, fez uma campanha através das redes sociais e contrariou todo o mundo político. 

Ao lado do ex-juiz federal Sérgio Moro, anunciado como sendo o futuro Ministro da Justiça e Segurança Pública, promete fazer uma faxina e, propõe mudanças, principalmente na segurança, acabando com privilégios e brechas nas leis que favorecem o crime. 

A esperança é que, tanto do DF, quanto na esfera federal as coisas entrem no eixo e a revolução prometida saia do papel, favorecendo assim a população humilde que carece de atenção especial dos governos. 

No DF, a esperança maior é dos servidores públicos, categoria menos favorecida pelo governo do DF.


Fonte - Agencia Satélite
Leia também em www.agenciasatelite.com.br 

Postar um comentário

0 Comentários