Morador de rua é preso no DF por estuprar cadela

Homem foi flagrado por quem passava pela rodoviária do Paranoá. Polícia Militar levou o suspeito a delegacia

DISTRITO FEDERAL
PCDF/DIVULGAÇÃO
Um morador de rua foi preso em flagrante pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) nesta segunda-feira (25/3) por abusar sexualmente de uma cadela. O crime ocorreu próximo à rodoviária do Paranoá e foi denunciado por quem passava no local.

Algumas pessoas que ouviram o animal uivar chamaram uma viatura da PMDF que circulava pelas redondezas.

Ao chegarem ao local, os PMs flagraram o morador de rua J. P. S., 47 anos, praticando o ato sexual. Ele foi preso e levado à 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), onde responderá por maus-tratos previstos na Lei de Crimes Ambientais. A pena varia de 3 meses a 1 ano.

Já a cadela foi acolhida pela organização não governamental Projeto Adoção São Francisco e será conduzida para o Hospital Veterinário Dr. Antônio Clemenceau.

De acordo com a vice-presidente da Comissão de Direito dos Animais de Taguatinga, Ana Paula de Vasconcelos, o estado do animal é bastante grave. “Ela está com a barriga muito inchada. Suspeitamos que algum órgão pode ter sido rompido, pois o homem estava bem em cima da cadela”, afirma.

PCDF/DIVULGAÇÃO
Morador de rua flagrado estuprando uma cadela no Paranoá


Fonte - Metrópoles

Postar um comentário

0 Comentários