Santa Maria começou a manhã desta quinta-feira (10), entristecida e buscando informações sobre o falecimento de uma das suas mais queridas lideranças comunitárias. Marieta Côrtes, popularmente conhecida por “Tia Marieta”, morreu na manhã de hoje (10), por volta das 11h, em João Pessoa, capital do estado da Paraíba, onde residia nos últimos anos.

A notícia sobre a morte de Marieta foi dada pela empresária e amiga pessoal, Samara Alves. “É com grande tristeza no coração que informo a todos os amigos e lideranças de Santa Maria que a minha querida amiga ‘Marietinha’ partiu desta vida. Ela nos deixou, hoje, por volta das 11h”.

De acordo com Samara, Marieta estava no estado da Paraíba para um procedimento cirúrgico, tendo em vista, está acometida por um câncer no intestino. Ainda de acordo com a informação da empresária, devido à gravidade do tumor, o procedimento cirúrgico teve complicação, levando Marieta a um estado crítico. Ela não conseguiu se recuperar e hoje pela manhã faleceu aos 79 anos, deixando entristecidos, parentes, amigos e várias outras pessoas que conheciam o seu trabalho na cidade.

Marieta que foi empresária do ramo de educação, fundou o Colégio Ciman, nos anos 80 e o Centro Clínico Pró-Médico, nos anos 90, ambos localizados na cidade satélite do Cruzeiro. Ela veio para Santa Maria com o propósito de investir na área educacional, fundado aqui o colégio CESAM, na CL 217, que foi por vários anos, referência em educação na cidade. Ela também foi proprietária de uma das primeiras madeireiras de Santa Maria, a MC Ferreira Materiais de Construção.

Em meados de 2000, aposentada, Marieta decidiu que poderia investir na área de assistencialismo. Foi então que fundou a Associação Assistencial de Santa Maria, mantenedora da Creche Gotinha de Luz, com duas unidades de atendimento, sendo, uma na CL 218 e a segunda na QR 308, onde prestava atendimento a aproximadamente 1000 crianças carentes da cidade.

Atualmente, Marieta estava curtindo sua aposentadoria, após longas décadas de serviços prestados ao Distrito Federal.

De acordo com as primeiras informações de familiares, não haverá translado ou velório do corpo para a Brasília. Marieta será cremada na capital paraibana e suas cinzas entregues aos filhos que estão na cidade.

Outras informações sobre o translado do corpo para o DF, velório e sepultamento, nos sites www.agenciasatelite.com.br, www.agenciasatelite.com.br ou no www.correiodesantamaria.com.br.

Fonte - Celso Alonso