Crônicas Policiais - Após morte de idoso, vizinhos descobrem que ele guardava quase R$ 30 mil em guarda-roupa

Eles cuidavam do idoso e davam a ele todas as refeições diariamente, mas só após a morte descobriram que ele guardava o dinheiro

Ilustrativa

Um idoso de 81 anos foi encontrado sem vida nessa terça-feira (21) dentro de sua própria casa pelos vizinhos, que cuidavam dele diariamente, alimentando-o no café da manhã, almoço e jantar e dando os medicamentes necessários.

Após a morte, porém, os vizinhos, que acionaram a polícia para informar que haviam encontrado o corpo, foram pegos de surpresa: esse tempo todo, o idoso guardava R$ 28.389 em dinheiro dentro do guarda-roupa.

A Polícia Militar foi acionada por volta de 12h30 por uma das vizinhas do falecido, uma mulher de 39 anos, que dizia que havia encontrado o idoso sem vida – e que a morte aparentava tr sido por causas naturais.

Uma equipe foi até o local, no Bairro Jardim Popular I, em São José dos Quatro Marcos (310 km de Cuiabá), e lá encontraram a mulher, que levou os policiais até a vítima.

O idoso tinha 81 anos e morava sozinho desde a morte de sua esposa, há cerca de dois anos. Desde então, o casal de vizinhos cuidava dele, visto que o estado de saúde do idoso não permitia que ele saísse de casa.

Os militares foram informados, ainda, que o idoso guardava algum dinheiro no guarda-roupa – e que era preciso pegar, para que não fosse deixado na casa.
Surpresa

Na presença dos vizinhos, os policiais abriram o guarda-roupa do idoso e encontraram uma bolsa com cadeado.

Eles conseguiram abrir a bolsa e, dentro dela, encontraram R$ 28.389 em dinheiro, sendo R$ 13.100 em notas de cem reais atuais, 8.200 em notas de cem reais antigas, R$ 4.100 em notas de cinquenta reais atuais, R$ 2.800 em notas de cinquenta reais antigas, R$ 140 em notas de vinte reais, R$ 40 em notas de dez reais, R$ 4 em notas de dois reais e uma nota de R$ 5.

A Polícia Judiciária Civil foi acionada e o dinheiro foi apreendido e ficou sob responsabilidade da equipe.

O corpo do idoso foi levado a um hospital local, onde foi constatado que a causa da morte foi um infarto. A casa dele ficou sob a responsabilidade dos vizinhos.

O caso foi registrado como morte natural.


Fonte - O Grito

Postar um comentário

0 Comentários