NOVO GAMA - Trama diabólica de BB e Christoam Machado cai por terra.

A presença de alguns jornalistas jogou por terra a votação de uma pauta imoral arquitetada pelo Vereador Chistóvam Machado em parceria com o presidente da casa, vereador BB somados a mais dois ou três vereadores do grupo, os já davam como certa a aprovação do pleito logo no início da sessão da terça-feira (14/04) do pagamento de dois meses de salários a Machado, período em que esteve foragido da Polícia.

A trama passaria despercebida porque seria apresentada em três ou quatro palavras e a votação seria indicada por BB na base do sim ou não, ou seja; quem for contra se levante e quem for contra permaneça sentado. Em seguida, a sessão continuaria com o pronunciamento do vereador Pastor Cícero, por sinal, recheado de elogios a criação do Pólo de Desenvolvimento Industrial e Econômico de Novo Gama, que acabaria levando os demais vereadores ao esquecimento de terem caído na cilada diabólica de BB e Christovam.

O QUE DERRUBOU ESSA VOTAÇÃO
Tão logo soubemos que a sessão da terça-feira trataria especificamente dessa marmelada, me encaminhei até a Câmara de Vereadores de Novo, mas, chegando lá, fui avisado que a imprensa não poderia entrar já que a sessão seria restrita somente aos vereadores.

Não questionei a decisão. Disse que fiaria do lado de fora e faria a matéria com o primeiro vereador que saísse da casa. Mas, para minha surpresa, o guarde me chamou e disse que somente a minha entrada estava liberada. Tão logo entrei me dirigi ao gabinete da presidência e disse que queria fazer uma matéria com o vereador BB, sobre em que ele estaria amparado para tomar uma atitude irresponsável e leviana e por cima, pregar que nada existe contra o vereador Christovam, a não ser boatos e disse me disse; Só que ao mostrar que eu tinha em mãos parte do parte do processo que prova exatamente o contrário, a coisa tomou outro rumo. BB convocou as pressas para uma reunião em seu gabinete alguns vereadores que participariam do conchavo e, a sessão que era pra ser iniciada as 9 da manhã só foi iniciada às 11:40 da manhã.

ENTENDA O QUE DERRUBOU OS ARGUMENTOS DO BB CHRISTOVAM.

Christovam Machado mente na maior cara dura pregando aos 4 cantos de Novo Gama que não existe nada contra ele, é apenas uma suposta denúncia sub-judice. BB, em conluio com Machado, prega a mesma reza de Christovam (não se sabe daqui pra frente).

Só que parte do processo contra Christovam contradiz toda a sua suposta inocência, coisa que só se passa na cabeça dele, senão vejamos; Mediante consulta processual verificamos que o processo instaurado sob o número 126513-17.2019.8.09.0100, lavrado na 2ª VARA CRIMINAL da comarca de Luziânia, o vereador foi enquadrado na Lei 7209/84 artigo: 288 por FORMAÇÃO DE QUADRILHA OU BANDO, e ainda, a apuração dos crimes de CORRUPÇÃO ATIVA, PASSIVA, FACILITAÇÃO DE FUGA E COAÇÃO NO CURSO DO PROCESSO E ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA, CUJA AUTORIA É IMPUTADA A Christovam Machado e vários com ele indiciados, com o pedido de prisão preventiva feito no dia 20 de setembro de 2019, contra os envolvidos.

Outra grande omissão do presidente da Câmara de Vereadores, Vereador BB, é ele ter sido oficializado sobre os autos do processo, o que ele nega com veemência.

Mas, o Diário da Justiça 2951 publicado em 17/03/2020 declara que a 2ª VARA CRIMINAL DA COMARCA DE LUZIÂNIA, AUTOS Nº 201901265131, oficiou a CÂMARA MUNICIPAL DE NOVO GAMA, encaminhando cópia integral dos presentes autos.
Sabendo que havia caído do cavalo por estarmos nas mãos com parte do processo, BB não teve outra saída a não ser cancelar a pauta imoral e diabólica.

Assim que começaram a adentrar o plenário, fui chamado pelo vereador Pelé e este me confirmou que BB havia voltado atrás da decisão pelos momentos difíceis que o país atravessa.

Mesmo sendo desmascarado, BB continuava afirmando que não havia colocado na pauta essa votação.

Realmente BB ainda é criança para assumir um cargo público de maior relevância. Digo isso porque a atitude do presidente da casa vem demonstrando total desrespeito pelo povo. Sabedor que você é de toda essa história de crimes atribuídos a Christovam Machado, fez vista grossa para tentar beneficiar o “colega”, só não logrando êxito porque a IMPRENSA “COMPRADA” se fez presente para impedir essa imoralidade de sua parte.

Outro fato que causou estranheza foi à ausência da IMPRENSA LIVRE COM “CREDIBILIDADE” a “serviço” da comunidade estar ausente. Nenhum dos tão “prestigiados” jornalistas estiveram no plenário da casa e sequer se interessaram em tomar conhecimentos do que estaria para acontecer. Muito estranho, mas, muito estranho mesmo!

A IMPRENSA “COMPRADA” está de parabéns.


Fonte - Correio de Santa Maria
Leia também em www.agenciasatelite.com.br

Postar um comentário

0 Comentários