BOMBA- Vereador BB é flagrado supostamente tentando comprar apoio de pré-candidatos a vereadores em Novo Gama

Gessivan Diniz (BB), pode ter cometido crime de Corrupção Eleitoral. Artigo 299 do Código Eleitoral e Crime de Peculato Art. 132 


A equipe do Madeirada News recebeu na manhã da sexta-feira (03), véspera do prazo final para filiação partidária, o print de uma conversa da rede social whashapp, realizada pelo presidente da câmara com um pré-candidato a vereador do município. 

Na transcrição da conversa, nota-se o presidente da câmara cobrando do pré-candidato a entrega dos documentos necessários para conseguir a veiculação da mídia da Câmara Municipal de Novo Gama. Em seguida, cobra a filiação partidária do pré candidato ao seu grupo politico. 

Ainda no mesmo print, analisando a conversa, o presidente da câmara sugeriu que seu chefe de gabinete iria despachar para o pré-candidato a relação de documentos necessários para essa filiação. 

O teor da conversa, que será disponibilizado ao MPE (Ministério Publico Eleitoral), poderá configurar que o presidente utilizou a máquina publica do Município de Novo Gama, o poder do cargo que ocupa, da estrutura de seu gabinete, e outros funcionários, remunerados por recurso público, para atrair novos filiados para o seu partido politico (PRB). 

Sendo comprovados os possíveis crimes praticados pelo Presidente da Câmara, senhor Gessivan Diniz (BB), sua candidatura poderá ser cassada, conforme prevista em lei. Poderá acarretar problemas eleitorais para seu partido (PRB), no município, bem como ser submetido à comissão de ética da Câmara dos Vereadores do Município de Novo Gama, acarretando na cassação de seu mandato ou suspensão imediata do cargo de presidente da Câmara de vereadores de Novo Gama. 

Resta saber se as providências serão tomadas para apurar as denúncias. 

A equipe Madeirada News estará acompanhando veementemente o desfecho dessa denúncia e as medidas tomadas. Se reservando ao direito legal de sigilo da fonte, a equipe do Madeirada optou em não divulgar o print da conversa, mas disponibilizará ao Ministério Público para as providencias cabíveis.


Fonte - Madeirada News

Postar um comentário

0 Comentários