PCDF participa de ação integrada para coibir violência contra idosos

A Operação Vetus foi planejada tendo em vista o aumento de denúncias de abuso registradas durante a pandemia

PCDF/DIVULGAÇÃO

A Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou Contra a Pessoa Idosa ou com Deficiência (Decrin) deflagrou, na manhã desta sexta-feira (4/12), a Operação Vetus. A ação faz parte de uma operação inédita, coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), com o objetivo de combater crimes de violência contra idosos nos 26 estados e no Distrito Federal.

Operação ocorre em todo o paísPCDF/Divulgação

A Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes por Discriminação Racial, Religiosa, Orientação Sexual e da Pessoa Idosa ou com Deficiência (Decrin) é responsável pelas investigações das ocorrênciasFlickr/Agência Brasília

A operação integrada, que teve início em 1o de outubro, no Dia Internacional do Idoso, foi planejada tendo em vista o aumento de denúncias de abuso registradas durante o período da pandemia, pelo Disque 100, do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

Desde então, a PCDF apurou mais de 480 denúncias, que culminaram na instauração de 148 procedimentos investigativos, com atendimento de mais de 576 pessoas idosas vítimas de violência e a prisão de 13 agressores em todo o DF. Foram realizadas mais de 520 visitas para a constatação da veracidade das denúncias.

Nesta sexta-feira (4/12), são realizadas mais 30 visitas em todo o Distrito Federal, com três equipes de policiais da Decrin.

Fonte - Metrópoles

Postar um comentário

0 Comentários