Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


Idoso é preso suspeito de estuprar menina de 10 anos após policial de folga notar o crime, em Anápolis e justiça mantém prisão do suspeito

Militar conta que viu quando homem arrastou criança para mata e, depois, o encontrou seminu. Garota disse em depoimento que investigado estava em uma moto e a obrigou a subir no veículo.


Um idoso de 64 anos foi preso suspeito de estuprar menina de 10 anos, em Anápolis, a 55 km de Goiânia. De acordo com a Polícia Civil, o crime foi flagrado por um policial militar de folga que passava de carro no local e viu quando o homem arrastava a criança para uma mata.

“Ele estacionou o veículo, ficou observando, se aproximou do local e acionou o reforço, mas, antes que o socorro chegasse, ele ouviu a criança chorando e pedindo socorro”, disse a delegada Kênia Segantini, responsável pelo caso.

O G1 não conseguiu contato com a defesa do suspeito, que não teve a identidade revelada, até as 14h20 desta terça-feira (8).

O crime aconteceu em uma mata no Residencial Flor de Liz, no último domingo (6). A delegada explica que a criança é moradora do bairro Filostro Machado Carneiro, foi abordada por ele no setor e levada de moto até o local do crime.

Em depoimento na Central de Flagrantes, a policia diz que a criança contou que foi forçada a subir no veículo e a entrar na mata. Segundo a delegada, ao ser interrogado, o idoso disse apenas que a menina que o chamou para entrar no local do crime.

O policial disse em depoimento que encontrou o idoso seminu com a vítima nua. De imediato, ele se apresentou como militar e deu voz de prisão.

Conforme informações da polícia, nesse momento, a menina conseguiu fugir. Por sua vez, o suspeito ameaçou com uma faca o PM, que atirou na perna do homem.

A criança foi acolhida. Já o idoso foi atuado em flagrante por estupro de vulnerável e preso no Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc e deve passar por audiência de custódia, quando o Judiciário vai definir se converterá o flagrante em prisão preventiva.

A delegacia investiga se mais crianças foram abusadas pelo idoso.

“As crianças que foram ouvidas na Central de Flagrantes citaram que ele ia com frequência no bairro Filiostro Machado. Ele era conhecido no setor como ‘o homem da moto’. Ele mostrava dinheiro para as crianças, convidando para ir até a quadra. Isso desperta essa suspeita de que possa haver outras vítimas”, falou a delegada.
Justiça mantém prisão

A Justiça converteu a prisão em flagrante para prisão preventiva de Geraldo Félix de Sousa Lobo, de 64 anos, que foi flagrado estuprando uma criança em Anápolis, no último domingo (06).

A decisão, a qual o Portal 6 teve acesso, foi assinada nesta quinta-feira (10) pelo juiz Gustavo Braga Carvalho que não concordou com qualquer outra medida diferente para o acusado.

“Cautelares diversas da prisão não seriam suficientes e adequadas ao caso”, observou o magistrado no documento, que acolhe o pedido do Ministério Público de Goiás (MP-GO).

O promotor Eliseu Antônio da Silva Belo destacou que o crime cometido pelo idoso é grave e a liberdade neste momento representaria sérios riscos dele voltar a cometê-lo.

“Haja vista a periculosidade social apresentada pelo autuado”, ponderou nos autos, frisando que a vítima do estupro tinha apenas dez anos.

A defesa de Geraldo Félix de Sousa Lobo alega que ele que possui “bons predicados pessoais e transtornos psiquiátricos”.

Fonte - G1/GO com o portal P6 Notícias

Nenhum comentário




Latest Articles