Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


Wasny de Roure, um nome terrivelmente INCORRUPTIVEL no cenário político do Distrito Federal.



Tranquilo, cordial e acima de tudo um político habilidoso, Wasny de Roure, tem relevância eleitoral, independente de sigla partidária. Isso, graças a responsabilidade com que desenvolveu os mandatos que o povo a ele confiou, tanto como deputado distrital quanto na qualidade de suplente de deputado federal. Muito de sua bem-sucedida carreira parlamentar se deve ao zelo com a coisa pública e as causas sociais que sempre defendeu com veemência, de forma que no conjunto da obra, fez deste político um nome respeitado ao longo dos últimos anos da vida pública candanga, o que em Brasília não é uma coisa muito comum.

Por todo esse histórico, o amigo Wasny desenvolveu um senso de compromisso extremamente elevado com o cidadão do Distrito Federal e do entorno, além de, também, sempre ter exercido uma relação respeitosa com os colegas parlamentares no sentido de estimulá-los a comprarem esse caminho, que é o de ter o interesse público acima de qualquer outra motivação que por ventura venha a surgir, onde o ganho coletivo sempre se sobrepõe aos projetos pessoais e egocêntricos.

Sem dúvida alguma, essa expertise política e experiência na relação com as pessoas fez com que Wasny caísse na graça do povo de tal forma, que ele atendeu aos apelos de eleitores e de vários segmentos regionais, para retornar aos quadros políticos do Distrito Federal. Rendido aos reiterados pedidos, dentre os partidos que lhe ofereceram legenda ele optou pelo PDT, porém, em razão dos desencontros administrativos do comando da sigla no DF, e mesmo após quase 3 anos atrelado a agremiação, se desencadeou uma séria estranha de fatores que não prosperou na sua filiação partidária junto ao TRE, na qual fora alegado a falta de um documento para efetivação do ato. Desta forma, migrou para o Partido Verde, onde foi recebido com satisfação e grande festa pela diretoria, parlamentares e militantes da sigla, e pasmem! Esse gigante político pela própria natureza, não escondeu a emoção em receber de uma calopsita, a saudação cordial como o mais novo integrante do partido.



Ao tecer considerações sobre sua nova agremiação, Wasny conclamou a população a estar vigilante com as contas eleitorais, e em seguida, declarou que junto com os parlamentares da sigla, dará início a construção de um novo projeto político para o Distrito Federal.

Essa reconstrução enfatizada por de Roure vem de encontro ao anseio de uma população que sonha diuturnamente com a reconstrução de um cenário político favorável e humanizado, porém, sabe que colocar o Poder Legislativo à serviço da população é uma tarefa fundamental para o novo conjunto de 24 parlamentares que assumirão a Câmara local no próximo ano. Será mais uma missão coletiva, ainda que o julgamento seja individual. Portanto, é chegado o momento, de procurar retomar o papel da Câmara Legislativa com o fito de credibilidade, com capilaridade em toda a cidade, tanto nas temáticas que envolvem as políticas públicas como nas temáticas que envolvem a gestão estatal.

A População do Distrito Federal carece de parlamentares independentes e que coloquem a comunidade e os interesses sociais a frente de qualquer demanda, e o povo está saturado de deputados distritais que tratam ou melhor implementam mecanismos escusos na relação do Executivo do DF com o Legislativo, até porque, questões dessa natureza causam sérios transtornos, além de demonstrar a inabilidade e a incapacidade em se fazer política a não ser de maneira fisiológica, e isso gera um prejuízo gigantesco para a população. De forma que para atender as demandas do Governo, alguns deputados buscam cargos no executivo, põe de lado as promessas de campanha e seguem a agenda do GDF sem questionar, e o pior, não fiscalizam os órgãos pois neles estão os seus próprios apadrinhados. Fatos que já chegaram no limite da paciência do eleitor de Brasília.

Destaco, principalmente, as necessidades dos parlamentares em assumir o seu papel moral e de representante dos diversos seguimentos populares, e que o façam com a independência que a Câmara Legislativa necessita, pois é o momento de resgatar os princípios que deveriam nortear a casa, tanto na sua relação com os demais poderes e os diversos setores da sociedade, como na sua forma de atuar e nos seus objetivos precípuos no tocante às suas funções primárias que é a de legislar e a de fiscalizar. Aspectos estes que Wasny de Roure conhece como poucos, tendo em um passado recente o exercido com maestria e o fará novamente, com a competência que marcou a sua carreira pública.

Por - Vital Furtado e Hugo Gutemberg
Fonte - Correio de Santa Maria

Nenhum comentário




Latest Articles