Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


POLÍCIA - Bandidos do Comando Vermelho fingiam ser médicos e extorquiam doentes

Polícia Civil do Distrito Federal constatou que o grupo era liderado por preso da Penitenciária de Rondonópolis, em Mato Grosso


Uma associação criminosa responsável por extorsões praticadas contra familiares de pacientes internados nos hospitais particulares do Distrito Federal foi alvo de operação deflagrada pela 19ª Delegacia de Polícia (Ceilândia, P Norte) na manhã desta quarta-feira (21/9). Mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas cidades de Várzea Grande e Rondonópolis, ambas em Mato Grosso.

Segundo a polícia, em junho deste ano, diversos familiares de pacientes de um hospital privado de Ceilândia receberam ligações de um suposto médico, o qual tinha os dados da internação e exigia dinheiro para fazer supostos procedimentos de urgência que teriam sido negados pelo plano de saúde.

Com as investigações, ficou constatado que o grupo era liderado por um preso da Penitenciária de Rondonópolis, que contava com o apoio de familiares e laranjas — esses emprestavam contas bancárias para o recebimento dos valores.

A apuração policial constatou que os autores faziam diversas ligações diretamente para os quartos dos pacientes e, com base em técnicas de engenharia social, conseguiam extrair das vítimas os dados dos familiares para que pudessem aplicar os golpes.

Contatou-se que, além do golpe do falso médico, o grupo praticava a fraude de clonagem de anúncio de veículos em sites da internet, causando prejuízos a vítimas de diversos estados da Federação.

Comando Vermelho

Nas busca na penitenciária de Mata Grande, em Rondonópolis, foram apreendidas anotações relacionadas à facção criminosa Comando Vermelho, a qual os investigados são filiados e levava parte dos lucros dos golpes.

Foram apreendidos celulares e documentos. Ao término da investigação, os acusados poderão responder pelos crimes de extorsão, estelionato, associação criminosa e lavagem de capitais.

Fonte - Metrópoles

Nenhum comentário




Latest Articles