Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Ads Place


Condenado por homofobia, Justiça mantém prisão contra Gilberto Barros

O apresentador foi acusado em 2020© Da Redação

Como você acompanhou aqui no ESTRELANDO, em 2020, Gilberto Barros foi acusado de cometer crime de homofobia. Na ocasião, o apresentador comentou, durante seu programa no YouTube chamado Amigos do Leão, que não aceita ver dois homens se beijando. Ele ainda contou que bateria nos indivíduos, caso o beijo fosse na sua frente.

Em agosto do ano passado, o Tribunal de Justiça de São Paulo então condenou Gilberto a dois anos de prisão em regime aberto, dez dias de multa no valor de um quinto de um salário mínimo e prestação de serviços à comunidade.

Segundo a 13ª Câmara de Direito Criminal de São Paulo, o apresentador teria entrado com recurso após a decisão da 4ª Vara Criminal do Foro Central da Barra Funda mas a condenação foi mantida pela Justiça de São Paulo e decretada na última quinta-feira, dia 25.

Fonte - Portal Estrelando

Nenhum comentário




Latest Articles