Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Ads Place


Cinco mulheres apresentam denúncias contra um líder religioso, acusando-o de praticar estupros em Palmeiras de Goiás.

(Foto: Reprodução - TV Anhanguera)

O indivíduo foi apreendido em Goiânia na terça-feira passada.

Um pai de santo suspeito de estupros em Palmeiras de Goiás foi detido pela Polícia Civil em Goiânia, após cinco mulheres denunciarem os abusos. As vítimas procuraram o advogado Dorisval Viturino em setembro deste ano, revelando que os casos ocorriam há mais de um ano. Uma das possíveis vítimas é menor, enquanto as demais têm entre 20 e 30 anos.

O suspeito, detido no setor Finsocial da capital, teria utilizado sua posição religiosa para cometer os crimes. Segundo o advogado, ele coagia as mulheres, alegando que deveriam ficar nuas para “receber o Orixá” e participar dos rituais, momento em que praticava os abusos e fazia ameaças. Essas situações eram recorrentes.

A denúncia ganhou destaque na cidade, levando a atos de revolta por parte da população, que incendiou a casa do suspeito. Em consequência, ele teria se mudado para Goiânia.

Dorisval Viturino, que acompanhou as mulheres na delegacia, informou que, após registrar o boletim de ocorrência, não teve mais contato com o caso. A Polícia Civil acredita que possa haver outras vítimas.

Ao ser procurada pela reportagem, a Defensoria Pública do Estado (DPE) informou que representará o acusado em audiência de custódia, mas não promoverá sua defesa, devido à ausência de uma unidade da instituição no município de origem da investigação.

Tribuna Livre, com informações da PMGO

Nenhum comentário




Latest Articles