Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Ads Place


Governo do Distrito Federal (GDF) concede autorizações a feirantes e destina investimento de R$ 20 milhões para a criação de novos espaços de feiras.

“Nós vamos continuar nesse trabalho tanto de renovação quanto de implantação de novas feiras nas cidades que ainda não as têm”, disse o governador Ibaneis Rocha, no evento de entrega de permissões, no Palácio do Buriti | Foto: Renato Alves/Agência Brasília

No evento de distribuição dos documentos para 48 comerciantes, foi revelado o planejamento para a construção de uma feira em Santa Maria e outra no Paranoá.

Nesta quarta-feira (1º), feirantes de diversas cidades do Distrito Federal receberam documentos que lhes conferem permissão para explorar comercialmente seus boxes por até 30 anos. Em paralelo, o GDF anunciou a construção de duas novas feiras em Santa Maria e Paranoá, um investimento previsto de aproximadamente R$ 20 milhões, proveniente de um financiamento junto ao Banco do Brasil (BB).

O governador Ibaneis Rocha entregou 48 autorizações referentes a 65 boxes no Palácio do Buriti, seguindo uma série de ações direcionadas a esse grupo. Desde 2019, mais de duas mil autorizações foram concedidas, abrangendo 20% das ocupações presentes no DF.

Neste período, cerca de 1,2 mil boxes foram catalogados, fortalecendo as feiras. O governo destinou aproximadamente R$ 30 milhões para reformas desses locais e planeja investir outros R$ 20 milhões na construção de novas unidades.

Além disso, mais de 5,3 mil micro e pequenos empresários se beneficiaram da dispensa do valor cobrado pela ocupação de áreas públicas, uma medida de apoio aos trabalhadores afetados pela pandemia de COVID-19, resultando em uma renúncia de receita de R$ 8,5 milhões por parte do governo.

O governador Ibaneis Rocha, durante a entrega das permissões, compartilhou suas experiências, recordando o início de sua relação com as feiras quando vendia verduras no interior do Piauí. Expressou seu carinho por esse ambiente e público e mencionou o projeto de reforma e legalização das feiras.

O secretário de Governo, José Humberto Pires de Araújo, responsável pelas feiras, falou sobre o programa Feira Legal, criado pelo governador, que visa fortalecer este setor da economia. Destacou os três pilares do programa: reforma das feiras, garantia jurídica aos feirantes e ocupação total dos boxes, fortalecendo as feiras.

Além disso, foram lançados 179 novos boxes em edital publicado no Diário Oficial do DF desta quarta-feira (1º). Entre os beneficiados, a comerciante Magda Alves dos Santos ganhou o direito de explorar um box na Feira Permanente de Brazlândia, uma conquista em sua luta contra a fibromialgia. Anteriormente funcionária de um box de queijos e doces na mesma feira, agora terá seu próprio negócio, vendendo roupas e lingerie. Magda expressou a importância dessa conquista para sua subsistência, oferecendo-lhe a estabilidade necessária para trabalhar, apesar dos desafios de saúde que enfrenta.

Com informações da Agencia Brasília

Nenhum comentário




Latest Articles