Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


Piadas inconvenientes, estrelismo, brigas contratuais... Veja as polêmicas dos Trapalhões

História por Da Redação 


Os Trapalhões foi um verdadeiro sucesso nas telinhas brasileiras dos anos 1970. O quarteto composto por Didi (Renato Aragão), Mussum, Dedé e Zacarias encantou a família brasileira com suas piadas, sátiras e muita criatividade em cada episódio. Mas como nem tudo são flores, é claro que teria que haver polêmicas nessa história toda. Piadas em tons preconceituosos, a substituição de Mussum e Zacarias, disputas na Justiça e problemas pessoais dentre os atores fazem parte das diversas polêmicas envolvendo o grupo. Veja a seguir algumas das polêmicas...

Nos anos 1970, a maioria das piadas eram politicamente incorretas, de cunho preconceituoso e bem inconvenientes. Ofendiam desde mulheres a nordestinos, homossexuais e raças. E, é claro, que geraram críticas vindas dos grupos ofendidos. Mas mesmo assim, Os Trapalhões permaneceu na TV durante mais de 30 anos - um recorde mundial de programa humorístico no.

O documentário Trapalhadas Sem Fim produzido diretor Rafael Spaca está para lançar desde o ano de 2022, mas desde lá, houveram diversos contratempos que impediram o lançamento. A revista Veja teve acesso ao projeto, que expõe diversos problemas ocorridos nos bastidores do programa a partir de 62 depoimentos. De um lado, ressentimentos e divergências artísticas, já do outro, arrogância e autoritarismo... A primeira briga do quarteto aconteceu em 1983, mas ninguém soube o estopim. E o documentário finalmente revelou o motivo: uma reportagem de capa de revista em que Renato Aragão foi o protagonista...

...O título da reportagem era: O Grande Palhaço — Por Que Renato Aragão Faz Rir, causando polêmica justamente por excluir os outros três integrantes enquanto evidenciava Renato como a estrela do programa. A raiva foi tanta entre Dedé, Mussum e Zacarias, que o trio decidiu anunciar o rompimento em uma entrevista coletiva, com Renato ao lado, sem saber de nada. Eita! Não à toa, um dos motivos do documentário não ter sido lançado foram as ameaças de processo que o diretor recebeu vindas de Lilian Aragão.

E não para por aí! Por conta desse suposto estrelismo vindo de Didi, surgiram diversas disputas contratuais entre os integrantes. Isso porque Renato já era visto como um líder para o grupo e, além disso, era produtor do programa. O que levou a discussões sobre uma divisão equitativa entre ele e os outros membros.

Mussum morreu no ano de 1994, em decorrência de problemas de saúde relacionados ao fígado. E Zacarias, no ano seguinte morreu por conta de complicações do câncer no pulmão. Com isso, sobraram Didi e Dedé no elenco. E a produção decidiu tentar substituir os dois atores que faltavam, mas o público não gostou tanto. Apesar disso, o programa continuou fazendo sucesso, mesmo as perdas tendo sido tão sentidas pelos telespectadores.

Mesmo com todas as polêmicas, Os Trapalhões ainda são muito amados pelo público até hoje e trazem sorrisos sinceros ao serem lembrados por pessoas que puderam acompanhá-los na época.

Nenhum comentário




Latest Articles