Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Ads Place


Teste de DNA aparentemente revela idade real de ucraniana que foi acusada de fingir que era criança quando foi adotada

Em documentário foi revelado que um exame de sangue, realizado em agosto de 2023, foi apontado que Natalia tem aproximadamente 22 anos


O caso da ucraniana Natalia Grace tem atraído a atenção da mídia nos últimos tempos desde que ela foi acusada pelos pais de se fingir de criança quando foi adotada e também de tentar assassiná-los. Nesta semana, essa história ganhou um novo capítulo. Um teste de DNA aparentemente concluiu que a jovem era uma criança quando foi adotada, informou a revista norte-americana People.

O exame de sangue, realizado pelo laboratório médico TruDiagnostic em agosto de 2023, revelou que Natalia tem aproximadamente 22 anos, o que sugere que ela tinha 9 anos quando foi adotada pelo casal de Indiana (EUA), Michael e Kristine Barnett, em 2010. No entanto, os Barnett alegam que Natalia, que tem uma forma de nanismo chamada displasia espondiloepifisária, não era uma criança de 6 anos quando a adotaram, mas sim uma adulta. “Este pequeno pedaço de papel joga no lixo todas as mentiras que os Barnetts disseram”, disse Natalia no episódio de estreia da série investigativa The Curious Case of Natalia Grace: Natalia Speaks (O Curioso Caso de Natalia Grace: Natalia Fala, tradução literal), que começou a ser exibido no canal norte-americano ID, da Discovery, e estreou no dia 1º de janeiro. “Isso é tão grande. Porque, literalmente, já se passaram 13 anos com apenas duas pessoas mentindo. Eles arruinaram a vida de uma criança. Eles me pintaram como um grande monstro", ela desabafou.

Natalia Grace contou sua versão em documentário — Foto: Reprodução People

Natalia critica a postura dos pais ao acusarem de ser uma adulta na época da adoção. “Eles ignoraram tudo que apontava para a verdade apenas para que pudessem criar essa mentira estúpida. Eles sabiam disso e ainda fizeram o que fizeram", disse ela. No episódio, ainda é relatado que um endocrinologista avaliou Natalia em 2010 e disse que ela teria entre nove e 11 anos, informação que foi repassada para o casal.

Um dentista, que também foi entrevistado para o documentário, disse que Kristine Barnett foi ao seu consultório em 2011 perguntando se ele poderia determinar a idade de Natalia examinando seus dentes. O dentista determinou, após uma radiografia, que Natalia tinha 12 dentes de leite. “Quando a mãe e Natalia foram embora, a mãe sabia que Natalia tinha cerca de 8 ou 9 anos”, disse o dentista.

O documentário

A série The Curious Case of Natalia Grace (O Curioso Caso de Natalia Grace) teve seus primeiros episódios em maio e contou com entrevistas exclusivas com os Barnetts e também com outros membros da família adotiva de Natalia. No entanto, os novos episódios do documentário exibidos neste mês focam na perspectiva de Natalia.

O casal que adotou Natalia fez graves acusações contra a filha adotiva. Segundo ele, a menina tentou envenenar o café de Kristine, além de arrastá-la até uma cerca elétrica. Natalia também foi acusada de colocar tachinhas transparentes nas escadas, voltadas para cima, para que seus familiares pisassem nelas.

Kristine e Michael Barnett — Foto: Reprodução People

Em entrevista ao Good Morning America, Michael contou que os médicos que teriam avaliado Natalia disseram que ela era uma sociopata que colocaria sua família em perigo. Em 2012, dois anos depois que os Barnetts adotaram Natalia, o casal entrou com uma petição no Tribunal de Marion, em Ohio (EUA) para que sua idade fosse legalmente alterada para 22 anos, mudando seu ano de nascimento de 2003 para 1989.

Natalia Grace — Foto: Reprodução People

No ano seguinte, o casal se mudaram com os três filhos para o Canadá sem Natalia, deixando-a sozinha em um apartamento, em Lafayette ainda criança. Na época, os pais, que já se divorciaram, foram acusados de negligência por deixar uma menor em casa sozinha. No entanto, os promotores não puderam seguir com a acusação, pois eles mudaram a idade de Natalia para 22 anos. Michael foi inocentado das três acusações de negligência em 2022, informou a Associated Press. As acusações contra Kristine também foram posteriormente retiradas, de acordo com o WTHR .

Nenhum comentário




Latest Articles