Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


CAMPINA GRANDE DO SUL - Mulher foragida passa em concurso e é presa quando tirava certidão em cartório da RMC

Foto: divulgação / PRF
Foto: divulgação / PRF

Um policial rodoviário federal cumpriu um mandado de prisão logo após ter saído de uma audiência judicial no Fórum de Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba. O caso inusitado aconteceu no final da tarde desta terça-feira (13). Logo após ter deixado a sala de audiência, o policial rodoviário federal, que prestava depoimento relacionado a um outro processo, foi acionado por uma funcionária do tribunal para cumprir o mandado. A pessoa presa é uma mulher de 33 anos de idade que havia procurado o órgão do poder Judiciário para obter uma certidão criminal negativa.

O problema é que a funcionária do tribunal identificou que havia um mandado de prisão preventiva contra a mulher. O mandado foi expedido pela Justiça no último dia 11 de dezembro. De acordo com informações relatadas pela PRF, a mulher presa disse que teria brigado com a mãe, idosa, e foi presa em flagrante, acusada de lesão corporal, no dia 10 de dezembro. Ela pagou fiança de um salário mínimo e deixou a cadeia na mesma noite. No dia seguinte, sairia a decisão relativa à prisão preventiva. A mulher foi até o fórum porque havia sido classificada em um concurso público, cujo edital exige a apresentação de uma certidão de antecedentes criminais. A ocorrência foi encaminhada pela PRF para a Delegacia da Polícia Civil em Campina Grande do Sul.
 

Nenhum comentário




Latest Articles