Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


Rollemberg anuncia 1.008 vagas em creches públicas

Nove centros de ensino devem ser abertos até o aniversário de Brasília. Águas Claras vai ter primeira creche pública; as outras serão em 6 regiões.

Raquel MoraisDo G1 DF

35.621 crianças entre 3 e 5 anos estão matriculadas em creches públicas no DF. Outras 14,9 mil de 0 a 5 anos frequentam estabelecimentos conveniados

O governador Rodrigo Rollemberg afirmou nesta terça-feira (17) que vai abrir 1.008 vagas em creches públicas com a inauguração de nove centros de ensino em primeira infância até o aniversário de Brasília. Os prédios ficam em Águas Claras, Samambaia (dois), Sobradinho (dois), Ceilândia, Plano Piloto, Brazlândia e Santa Maria. Em entrevista ao G1 na volta às aulas, o secretário de Educação, Júlio Gregório havia dito que a inauguração aconteceria em março.

Dentre as regiões contempladas, Águas Claras é a única que ainda não tem creches públicas. O anúncio foi feito em visita ao Centro de Ensino da Primeira Infância Angelis, na quadra 118 de Santa Maria. O prédio foi considerado como modelo pelo chefe do Executivo.

O DF tem atualmente 27 centros de educação da primeira infância, além de 60 creches conveniadas. Os primeiros são públicos e atendem 35.621 meninos e meninas entre 3 e 5 anos. Já as outras instituições recebem 14,9 mil crianças de 0 a 5 anos.

O déficit é de pelo menos 24.250 vagas. A Secretaria de Educação reconhece a defasagem na oferta, mas os planos da pasta se restringem a estender atendimento a pouco mais de 50% da demanda nos próximos anos, com a construção de novas instituições e parcerias com instituições filantrópicas.

A curto prazo, a ideia é inaugurar as nove unidades, terminar 25 obras até o final de 2015 e fechar convênio com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação para construção de mais 51 estabelecimentos. Somando-se a novos acordos com creches conveniadas, devem ser abertas mais 12,5 mil vagas.

O governador Rodrigo Rollemberg durante visita a creche em Santa Maria nesta terça-feira (17) (Foto: Raquel Morais/G1)

Rollemberg afirmou considerar a educação infantil uma prioridade do governo. "Isso muda a vida das pessoas. A gente percebe crianças felizes, crianças bem tratadas, bem cuidadas, que certamente terão um novo horizonte em suas vidas a partir do acesso à creche nos primeiros meses de vida."

Durante a campanha eleitoral, Rollemberg afirmou que o DF tinha 122 mil crianças de 0 a 3 anos sem acesso a creches e prometeu criar 61 mil vagas em quatro anos, ao custo anual de R$ 627 milhões. "Não é gasto, é investimento planejado", disse ele na época.

As creches funcionam de 7h às 17h e oferecem cinco refeições diárias. Cada uma das públicas ocupa uma área de 1,2 mil metros quadrados, com cozinha, banheiros adaptados, área de alimentação e repouso, sala de leitura e informática, anfiteatro, pátio coberto, brinquedoteca e playground.

Para concorrer a uma vaga, pais ou responsáveis devem apresentar documentos na regional de ensino. Também é necessário informar se a mãe trabalha e se há alguma medida protetiva em relação à família. Os critérios sociais e econômicos são avaliados e ajudam a determinar a ordem de concessão das oportunidades.


Fonte: G1/DF

Nenhum comentário




Latest Articles