Novo Gama já realiza pequenas cirurgias

Para a realização de pequenos procedimentos cirúrgicos, os moradores do município não precisam mais procurar atendimento em Brasília. Setor já está em funcionamento.


Uma iniciativa da Secretaria de Saúde de Novo Gama, está proporcionando maior comodidade aos moradores da cidade que necessitam de pequenos procedimentos cirúrgicos. Entre os procedimentos oferecidos estão vasectomia, retirada de cisto sebáceo, remoção de sinais, entre outros. 

De acordo com a Secretária de Saúde, Tânia Brandão Ferreira, a Prefeitura contratou um profissional para ficar responsável, exclusivamente, no atendimento aos pacientes que, em alguns casos, tem que passar por procedimentos de acompanhamento e preparação antes do procedimento cirúrgico. Entre os que necessitam de tal acompanhamento, está a cirurgia de vasectomia, onde o paciente tem que cumprir alguns quesitos, entre os quais estão, possuir no mínimo 2 filhos, ter acima de 26 anos, passar por um acompanhamento de planejamento familiar e ainda, ser atendido por um psicólogo. A secretária afirma que, apesar de ser qualificada quanto pequeno, o procedimento é irreversível e por esta razão necessita de ser planejada.

Os procedimentos acontecem uma vez por semana, sempre às quintas-feiras na ala de atendimento em funcionamento no Posto Saúde da Família 12/12, localizado no bairro do Lago Azul e o agendamento para os procedimentos acontece na Secretaria de Saúde, localizada na Área Especial nº 1000 – Centro (Novo Gama), no setor de Regulação.

De acordo com o Prefeito Municipal Everaldo Vidal, a Prefeitura decidiu pela implantação do projeto, após ser constatada a demanda e viabilidade de sua implantação. “Essa é uma necessidade antiga da população que muitas vezes não conseguem realizar um simples procedimento cirúrgico, uma vez que, em determinados casos, não tem condições de deslocamento rotineiro até Brasília ou outras cidades que oferecem o mesmo tipo de atendimento, bem como por não ter parentes em tais cidades e assim não comprovarem endereço naquela localidade. Ainda há o caso iminente de um planejamento familiar da nossa comunidade. Assim, após vários estudos, decidimos por implantar o programa na nossa cidade, o que já está mostrando resultados positivos para a comunidade”, informou Everaldo.

Outras ações também estão movimentando a Secretaria de Saúde e trazendo maior comodidade aos moradores. Uma das ações que recentemente trouxeram resultados positivos, foi a campanha de vacinação contra a gripe, realizada no último mês, que superou as expectavas do objetivo inicial. “A campanha de vacinação foi um sucesso, pois tivemos a adesão de quase 100% dos moradores, inclusive dos que moram em regiões mais carentes do município”, enfocou a Secretária.

Na última quarta-feira (17), a pasta também realizou a capacitação dos agentes de saúde para a implantação do programa e-SUS. De acordo com a Secretária, todos os agentes passaram pelo treinamento e estão aptos a desenvolverem o novo sistema. 

Perguntada sobre o que é e como funcionará, a Secretária explicou para a equipe do Satélite Notícias sobre o programa. “O e-SUS Atenção Básica, é uma estratégia do Departamento de Atenção Básica para reestruturar as informações da Atenção Básica em nível nacional. Esta ação está alinhada com a proposta mais geral de reestruturação dos Sistemas de Informação em Saúde do Ministério da Saúde, entendendo que a qualificação da gestão da informação é fundamental para ampliar a qualidade no atendimento à população. A estratégia e-SUS, faz referência ao processo de informatização qualificada do SUS em busca de um SUS eletrônico”, explicou. 

Ainda de acordo com a Secretária, O ponto de partida dessa reestruturação é o registro das informações em saúde de forma individualizada, permitindo o acompanhamento do histórico de atendimentos de cada usuário, assim como da produção de cada profissional da Atenção Básica. Outro ponto importante é a integração dos diversos sistemas de informação oficiais existentes na Atenção Básica, reduzindo a necessidade de registrar informações similares em mais de um instrumento (fichas/sistemas), o que otimiza o trabalho dos profissionais e o uso da informação para gestão e qualificação do cuidado em saúde.

Ela acredita que com a implantação do sistema em Novo Gama, ficará mais fácil o mapeamento e atendimento das demandas, bem como um planejamento mais eficaz das ações da Secretaria de Saúde junto aos moradores.

Para finalizar, Tânia Brandão explicou que do sucesso do programa. “Além do já proposto, a concentração de todos os esforços de reestruturação do sistema que só serão completos e efetivos com o envolvimento dos gestores, dos profissionais de saúde e dos trabalhadores do SUS na implantação, utilização e aprimoramento contínuo do SISAB e da estratégia e-SUS AB”, finalizou a Secretária.


Fonte - Agência Satélite

Postar um comentário

0 Comentários