O Presidente da Câmara Municipal Valparaiso de Goiás, vereador Elvis Santos (SD), destacou em entrevista o seu trabalho Legislativo pelo segundo mandato consecutivo no comando da Mesa Diretora da Câmara. Ele ressaltou a importância da atuação proativa dos vereadores e sua iniciativa de atuar em parceria e harmonia com os demais poderes constituídos na busca de ações que resultem no desenvolvimento e crescimento do município, bem como na melhoria da qualidade de vida da população.
O jovem vereador, de apenas 40 anos de idade, vem se destacando ao longo do seu primeiro mandato como parlamentar. Tão logo assumiu o mandato de vereador, Elvis foi eleito presidente da Câmara e reeleito para uma nova gestão. Ele credita que o reconhecimento vem através do trabalho sério realizado frente àquela casa de Leis.
Em entrevista, Elvis Santos fala da forma que vem conduzindo os trabalhos na Câmara Municipal, do relacionamento com os vários órgãos públicos municipais e de projetos apresentados no primeiro mandato como vereador.
JSN: Qual a importância do bom relacionamento da Câmara com os órgãos públicos municipais?
Elvis: Principalmente tem que haver a parceria e harmonia entre os dois poderes. É através desse conceito e junção de esforços que estamos, de uma forma importante, tornando a atual gestão da Câmara Municipal de Valparaíso de Goiás a maior e mais representativa perante o município. No nosso mandato como presidente queremos destacar, principalmente, a união dos vereadores em busca de vários benefícios para a cidade. Isso independente de qual lado político esse se encontra e este está sendo um mandato de muito trabalho, aonde apresentamos centenas de requerimentos em todas as áreas, seja de infraestrutura, segurança, saúde, iluminação pública, planejamento, educação e buscamos tudo o que é importante para a população, sempre mostrando para os demais pares e sociedade que é dever do vereador legislar. Nós não podemos, de forma nenhuma fazer um trabalho de executar, isso está a cargo da prefeitura. Legislar não é somente fazer leis e sim cobrar para que essas sejam cumpridas. Para que isso aconteça é importante fazer com que as atuações do Legislativo estejam em sintonia com os demais órgãos municipais estando unidos, especificamente aqui no legislativo. Se houver discórdia aqui dentro, o resultado lá fora não aparecerá. Neste ponto o legislativo está de parabéns, a parceria com a Prefeitura, Judiciário e Ministério Público, vem funcionando muito bem. Os poderes são independentes, mas, apesar de alguns entraves, trabalham em harmonia”, explicou.
Uma das grandes conquistas da Casa, segundo Elvis, foi a aprovação do plano de carreira dos servidores efetivos da Câmara Municipal. “Era uma questão de compromisso com os servidores que há muitos anos lutavam por esse benefício. Assim, após muita luta e discussões, chegamos ao consenso de que essa matéria deveria ser aprovada e assim o fizemos”, disse.
Ao falar do mandato, Elvis mostrou que além de presidir a Câmara por dois mandatos, ainda apresentou projetos de bastante relevância para o município. Foi dele a iniciativa de o Executivo apresentar o projeto para a implantação da Guarda Civil Municipal. De acordo com ele, houve o pedido para que o legislativo apresentasse a matéria que será votada nos próximos dias em caráter de urgência. “Por ser uma matéria de iniciativa do executivo, solicitamos a urgência e pretendemos aprova-la nas próximas sessões”, enfocou.
É também de autoria do vereador a Lei que obriga o poder público a entregar remédios de uso contínuo nas residências, para pessoas hipertensas ou que possuem dificuldades no deslocamento até os pontos de distribuição. Para Elvis, a Câmara já está cobrando para que a Secretaria de Saúde execute a medida. Perguntado de o porquê de a pasta ainda não cumprir a Lei, ele informou que até o momento não houveram justificativas. Todavia, acredita na omissão como sendo o motivo principal da não aplicação da medida. “Mas, isso poderá leva-la a sofrer sansões judiciais”, informou.
Outro projeto de bastante relevância e que vai entrar em discussão nas próximas sessões, precisando apenas de mais uma para ser aprovado, está o da Regularização dos Vendedores Ambulantes. O vereador justifica que não é admissível que um pai de família não possa garantir o pão de cada dia vendendo por exemplo, cachorro quente. “Ao armar o ponto, o ambulante corre o risco de ter a mercadoria apreendida pela fiscalização. Assim, além de não ter como prover o sustento da família, ainda tem que assumir o prejuízo pela perda da mercadoria. Com a aprovação deste projeto, vamos gerar renda e aumentar ainda mais a economia municipal sem precisar sacrificar o pai de família e ainda, estaremos fomentando o comercio do município”, enfatizou.
Constam ainda no currículo de Elvis, o projeto para a construção de bicicletários em vários locais da cidade e ainda por iniciativa do vereador, a Câmara Municipal foi a pioneira no entorno a assinar um Termo de Ajuste de Conduta – TAC com o Ministério Público, criando o Portal da Transparência das contas do legislativo, ou seja, todas os gastos da Câmara são visíveis aos olhos da população. “Isso é compromisso com a sociedade e coragem de mostrar o destino dos impostos pagos pela população. Tivemos a coragem de expor as contas quando muitos achavam que não conseguiríamos e o resultado está aí. Temos um legislativo atuante, com as contas equilibradas”, falou.
Diante de todos os serviços mostrados logo no seu primeiro mandato, Elvis Santos teve o seu nome lembrado para a sucessão de Lucimar Nascimento frente ao Executivo local. Em todas as pesquisas o nome do vereador aparece entre os primeiros com possibilidades reais de disputa. Perguntado sobre a possibilidade de concorrer ao cargo, Elvis se esquiva e diz que ainda é cedo para pensar no assunto, mas, deixou escapar que “se houver a necessidade, está apto para concorrer ao pleito”. “O meu compromisso no momento é com o legislativo, mas, nada impede que se houver a necessidade e o clamor popular, eu coloque o meu nome à disposição para uma sabatina”, finalizou.



Fonte - Agência Satélite