Homem espanca namorada, é solto e posta deboche em rede social

REPRODUÇÃO/ TV CIDADE VERDE
O suspeito foi colocado em liberdade após pagar fiança. Com isso, a mulher teme que ele volte para assassiná-la

Um homem foi preso em flagrante após espancar a namorada com uma barra de ferro por não aceitar o fim do relacionamento. O crime aconteceu na semana passada em Teresina (PI). Liberado nesta segunda-feira (13/11), o agressor postou um deboche em uma rede social: “Livre, leve e solto kkkkkkkk”. De acordo com o site Cidade Verde, a vítima, Karinny Beatriz, foi agredida também com uma faca e o ex-namorado ainda tentou asfixiá-la.

“Ele viu a mensagem de um amigo que comentou meu status… eu estava mandando uma mensagem pedindo dinheiro para o meu tio dizendo que queria ir embora. Acho que isso chateou ele. Quando eu cheguei em casa, ele escondeu a chave, meu celular, cortou a mangueira do registro de gás. O botijão começou a chiar…corri e desliguei o registro. Ele quebrou a mesa, as coisas de vidro, me agrediu com facão, barra de ferro. Quando a polícia chegou, ele ainda estava me agredindo”, contou.


O acusado postou o deboche logo depois de ser liberado - Reprodução/ TV Cidade Verde
A vítima, mesmo liberada, se recupera da violência - Reprodução/ TV Cidade Verde
Além de bater nela com uma barra de ferro, o acusado ainda usou uma faca e tentou asfixiá-la
- Reprodução/ TV Cidade Verde
Agora que ele está livre, ela teme que o homem possa voltar para matá-la - Reprodução/ TV Cidade Verde
"Vou registrar o caso hoje na delegacia. Não quero mais ver ele na minha frente. Quero seguir minha vida e que a Justiça seja feita, se é que tem", disse ela - Reprodução/ TV Cidade Verde
Karinny só não morreu porque seus gritos fizeram os vizinhos acionarem a Polícia Militar. O suspeito, que não teve o nome divulgado, foi colocado em liberdade após pagar fiança. Com isso, a mulher está desesperada, com medo de que ele volte para assassiná-la. “Vou registrar o caso hoje na delegacia. Não quero mais ver ele na minha frente. Quero seguir minha vida e que a Justiça seja feita, se é que tem”, desabafou.


Fonte - Metrópoles

Postar um comentário

0 Comentários