Bebê morre afogado após ataque de ciúmes da namorada do pai


A mulher de 41 anos foi levada para a delegacia da Bahia, logo após ter afogado o bebê de apenas um ano. Segundo o boletim de ocorrência, a mulher teria surtado de ciúmes da relação que o atual namorado teria com o bebê (fruto de um relacionamento anterior do namorado).

Segundo depoimento de familiares, todos estavam participando de uma confraternização. A namorada do pai do bebê queria passar a noite com ele, ele logo recusou, pois precisava cuidar do seu filho que estava dormindo no sofá da sala da casa que estava rolando a confraternização.

Neste momento, a mulher se irrita por ter sido recusada, e surta de ciúmes. Ela alega que ele passa mais tempo com o filho do que com ela, ainda irritada ela sai a procura do bebê que dormia na sala, pegou ele nos braços e o afogou no reservatório de água da casa. Sem nenhum remorso, ela volta para a confraternização como se nada tivesse acontecido.

No entanto, os familiares vendo que ela teria se irritado com o pai do bebê desconfiou que ela tivesse feito algo para se vingar e foram na sala para ver se o bebê estava bem, mas ele já não estava lá. Alguns parentes foram procurar a criança e a encontraram boiando no reservatório de água. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado imediatamente, no entanto, não adiantava mais pois o bebê já não tinha mais sinais vitais, tendo obito por afogamento.

A criminosa tentou fugir depois de ser descoberta, mas os parentes do bebê a impediram. Eles ligaram para a polícia que veio e imediatamente deu mandado de prisão e transferida para o sistema prisional. O fato chocou e revoltou não apenas os familiares e pai da criança, como também a população que reside no local. Mais um crime banal que a Bahia registra.

Fonte: Bebe em foco

Postar um comentário

0 Comentários