Fonseca luta pela vida e a cidade torce por sua recuperaçao

Líder comunitário está internado em estado grave devido infecção pelo coronavirus. Ele foi diagnosticado em 06/04


Quem não ouviu falar do “popular voz ativa” ou “líder comunitário interpessoal”, ou até mesmo conhece a luta desse popular líder comunitário que conquistou Santa Maria pela simplicidade, humildade e sinceridade em suas palavras, porém insistente nas suas reivindicações, que ainda se destaca como sendo uma das maiores vozes da comunidade junto aos poderes políticos do Distrito Federal. Pois bem, há alguns dias esse popular líder comunitário trocou o conforto do seu lar por um leito de hospital devido ter sito infectado pelo covid-19. A infecção foi identificada no ultimo dia 06/04 e informada pelo próprio líder em suas redes sociais. De lá para cá, ele está em uma árdua luta pela sua recuperação.

As últimas informações, obtidas da família, na última quarta-feira (28), o líder comunitário “permanece em estado grave, com leve piora, tendo em vista não fazer necessidades fisiológicas por 9 dias. Além disso, os Leucócitos e PCR estão diminuindo. Ainda de acordo com a família, ele ainda apresentou quadro elevado febre e os familiares esperam que acorde nos próximos dias.

Apesar da situação ser bastante delicada, todos seguem confiantes de que ele irá superar o momento e voltar a fazer o que mais gosta, que é o de exercer o papel de liderança comunitária de Santa Maria e Cidade Ocidental.

Quem é o “Fonseca de Santa Maria”

Casado pela segunda vez, Francisco de Assis Fonseca é servidor aposentado da Secretaria de Educação do Distrito Federal, pai e avó. Pioneiro em Santa Maria, ele ganhou notoriedade ao reivindicar melhorias para a quadra que morava (QR 307). Mas, vendo que outras reivindicações da população só aumentavam, decidiu romper as fronteiras da QR 304, decidindo lutar, também, por outras regiões da cidade. Uma das suas maiores lutas é em relação a regularização fundiária das 13 quadras da cidade que “entra e sai governos, as coisas não saem do papel”.

Fonseca ainda foi o precursor das cobranças para o asfaltamento da Vicinal 371 que liga a cidade à DF 290, passando pelo residencial Total Ville. Sempre em reuniões com autoridades do governo, Fonseca com muita autoridade, exercia o seu papel de liderança e cobrava desses, entre outras reivindicações dos moradores. Se destaca ainda a instalação do semáforo no balão de acesso ao Novo Gama. Em ambas, ao ter as benfeitorias concluídas, politiqueiros da cidade se aproveitaram dessas para tirar vantagens pelo ato e sequer lembraram que as lutas começaram por iniciativa do líder comunitário. Foram dele ainda as primeiras reivindicações pela instalação dos redutores de velocidade nas Avenidas Santa Maria (em frente ao Centro Olímpico) e Alagados (em frente à praça central e Caixa Econômica).

Para alguns, Fonseca é um líder “folclórico”, mas para a maioria é um dos únicos que lutam pelo bem-estar dos moradores de Santa Maria, além de demonstrar amor incondicional pela cidade. Foi dele o projeto de criação da bandeira de Santa Maria, que sempre fez questão de empunhar em quase todos os eventos que participou. “Ele sim é um líder nato que doa o seu sangue por toda a população. Espero que se recupere e volte a lutar por nós, fazendo o que muitos não fazem, mas querem levar vantagens”, relatou a dona de casa e amiga Maria da Gloria.

Fonseca sempre quis fazer mais pela cidade, mas como ele mesmo diz, “um líder tem suas limitações e não pode ir muito além das reivindicações”. Por tanto, sempre teve o desejo de se tornar administrador, vontade que sabia estar distante. Porém, sempre que havia a oportunidade, colocava o seu nome a disposição para uma eventual sabatina. Talvez por isso é que era chamado de folclórico.

Recentemente foi pai mais uma vez, estava muito feliz e exibia seu mais novo herdeiro para todos, mas o destino lhe pregou mais uma peça e o afastou, momentaneamente, da família, coisa que vai tirar de letra. Em breve o nosso “Fonsequinha de Santa Maria” estará de volta lutando pelo bem-estar de Santa Maria.

Fonte - Agencia Satélite



Postar um comentário

0 Comentários