Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Ads Place


CELEBRIDADE - 'Dependência terrível': motociclista atropelada por Lima Duarte vive drama e processa ator em R$ 1,2 milhão

'Dependência terrível': motociclista atropelada por Lima Duarte vive drama e processa ator em R$ 1,2 milhão© Divulgação, TV Globo

O nome do ator Lima Duarte esteve em alta nos noticiários nos últimos meses após o ator de renome atropelar a motociclista Simone Regina de Abreu Nunes, de 37 anos. Após um pronunciamento do artista, a história parecia resolvida, mas agora, quase 2 meses após o caso, ganhou uma nova - e polêmica - atualização.

Segundo divulgado pelo portal UOL, Simone entrou com uma ação judicial contra Lima Duarte cobrando uma indenização de R$ 1,2 milhão por danos morais. A motociclista alega que não possui condições de voltar a trabalhar após o acidente, tendo revelado, em outra ocasião, que quebrou 5 ossos da bacia.

Segundo Ângelo Carbone, advogado da vítima, a mulher teve sua vida comprometida. Dessa forma, a defesa pede também à Justiça o pagamento de R$ 5 mil mensais para sobreviver. A requisição do dinheiro é para uma cirurgia de recolocação de pinos e para custear seu tratamento.


"A mulher 'perdeu' a vida, está em uma dependência terrível. [...] Ele é um artista multimilionário, tem um grande patrimônio e faz um negócio desse com uma pessoa humilde? Como se fosse mera liberalidade, um presente?", disse o advogado ao UOL.

Equipe de Lima Duarte se pronuncia

Após o processo chegar à ciência de Lima Duarte, a equipe do ator se pronunciou alegando que ele "está sendo vítima calúnia e difamação, o que será comprovado em qualquer processo judicial".

Na época do acidente, o ator chegou a pagar R$ 30 mil para a mulher para ajudar em seu período de recuperação: "Temos comprovação de que o acordo foi pago e assinado de forma consciente e amistosa. Foi realizado com o único intuito humanitário de auxiliar a motociclista no seu período de recuperação".

No entanto, a defesa de Simone revelou que a mulher se arrependeu do acordo, que não teria sido protocolado oficialmente: "Ela estava precisando de dinheiro, sem trabalhar, não é registrada e tinha uma moto alugada. Ela precisava comer", diz o advogado.

Ainda ao UOL, a equipe de Lima Duarte não reconhece sua responsabilidade no acidente.

Fonte - Portal UOL

Nenhum comentário




Latest Articles