Page Nav

HIDE

CLDF - Campanha Abuso Não

Últimas notícias:

latest

CAMPANHA - COMBATE A DENGUE


Adolescente vítima de estupro coletivo em Nova Iguaçu denuncia mensagens ofensivas nas redes sociais e sofre tentativa de invasão de conta

Jovem de 15 anos foi acusada de estar se promovendo na situação e xingada.


Adolescente diz ter sido estuprada em Nova Iguaçu — Foto: Rafael Nascimento/g1

A adolescente de 15 anos que foi vítima de um abusivo coletivo em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, relatou para parentes que tem sido ofendida nas redes sociais. Além disso, sofreu uma tentativa de invasão à sua conta no Instagram.

Internautas enviaram mensagens defendendo os abusadores, e insinuando que a menina estaria procurando fama em cima do crime. Um deles escreveu: “Você é suja, garota, merece se f# muito”.

Os remetentes das mensagens tem usado perfis fakes para enviar as ofensas. “Eu só queria minha vida de volta”, desabafa a menina.

A polícia prendeu um dos suspeitos de estuprar a adolescente na manhã desta quarta-feira (8). A prisão do jovem de 22 anos foi pedida na noite desta terça-feira (7), após ele prestar depoimento na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) da cidade.

Suspeito de estuprar adolescente de 15 anos em Nova Iguaçu é preso

Suspeito preso

A polícia prendeu um dos suspeitos de estuprar a adolescente de 15 anos em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na manhã desta quarta-feira (8). A prisão do jovem de 22 anos foi pedida na noite desta terça-feira (7), após ele prestar depoimento na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) da cidade.

Nesta terça, em um vídeo postados nas redes sociais, ele tentou explicar o que aconteceu. ""Sim, eu sei, passamos do limite com a brincadeira, mas esse vídeo que está circulando é apenas eu fazendo essa brincadeira, sendo que não foi só eu. Depois de um tempo fui para o quarto e aconteceu a relação. Eu sei que passamos dos limites", disse.

O outro suspeito do estupro está sendo procurado, mas ainda não foi localizado. Outras pessoas que estavam na casa também foram ouvidas.

Além delas, a proprietária da casa e mais três menores também são ouvidos nesta tarde. Entre os depoimentos, está o da amiga da vítima, que tem 14 anos.

De acordo com um rapaz de 17 anos, a adolescente ingeriu grande quantidade de bebida alcoólica. "Quando ela estava normal, ela não quis ficar com o menino. Aí ela bebeu e quis ficar com o menino", disse. O rapaz negou que drogas foram usadas no dia.

Na sexta (3), diversos vídeos da jovem foram publicados nas redes sociais. Nas imagens, ela aparece desacordada durante o ato sexual. Ao menos dois homens aparecem nos vídeos praticando os abusos, enquanto a jovem aparenta estar desacordada.

Nenhum comentário




Latest Articles