Page Nav

HIDE

Últimas notícias:

latest

Ads Place


PM é preso após mostrar partes íntimas para adolescente no DF

Jovem de 15 anos conseguiu medidas cautelares contra Marcelo Braga Oliveira. Ele deve manter distância de 20 metros da vítima e do pai dela


Reprodução/TV Globo

Um policial militar identificado como Marcelo Braga Oliveira, 45 anos, é investigado pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) pelos crimes de lesão corporal e importunação sexual, depois de mostrar as partes íntimas para uma adolescente de 15 anos.

O episódio ocorreu no último dia 14, no Riacho Fundo 1. O PM foi preso em flagrante pela 27ª Delegacia de Polícia (Recanto das Emas), mas acabou liberado, no dia seguinte, após passar por audiência de custódia. Ele responderá ao processo em liberdade.

Em decisão da última quarta-feira (15/11), o juiz da Vara Criminal e do Tribunal do Júri do Riacho Fundo determinou como medida cautelar que Marcelo mantenha distância de 20 metros da vítima e do pai dela, bem como fique proibido de tentar contato com a família da vítima por qualquer meio de comunicação.

Por meio de nota, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) informou que o fato foi registrado pela Corregedoria da corporação e será investigado.

Leia a nota na íntegra:

“A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) reitera, de forma veemente, seu compromisso com a ética, a transparência e a justiça diante de quaisquer desvios de conduta que possam ocorrer entre seus integrantes. A Corporação, em contrapartida e imbuída do dever de melhor servir, cumpre todos os requisitos legais para a minuciosa e imparcial apuração dos fatos, nunca tendo se furtado ao dever de aplicar as sanções previstas em lei e específicas a cada caso.

No que se refere ao incidente ocorrido, a PMDF age com a máxima celeridade e eficiência. Assim que tomamos conhecimento do fato, todas as providências cabíveis foram imediatamente adotadas.

A PMDF zela pela ética e pelo bom comportamento de seus integrantes, não coaduna com desvios de conduta. Todos os fatos e denúncias são devidamente apurados e encaminhados em estrita conformidade com a lei, demonstrando nossa determinação em manter a ordem e a justiça.

Por fim, reiteramos que atitudes específicas de integrantes não podem ser confundidas com a Corporação que tanto se esforça para o bem da sociedade.

A PMDF reafirma a política de não tolerância a qualquer forma de abuso e desvio de conduta, assegurando que cada caso é tratado com a máxima seriedade e de acordo com os princípios do controle, legalidade e responsabilidade.

Como consequência, o fato foi registrado pela Corregedoria, que promoverá meticuloso trabalho de apuração, sempre observando os procedimentos legais cabíveis e assegurando a justiça e a legalidade em cada etapa.”

Nenhum comentário




Latest Articles