Jornal Metrópole com adaptações Jornal Satélite Notícias

 

A criança foi encaminhada ao Hospital de Base, onde passou por uma cirurgia de reconstituição do crânio.

Uma criança de cinco anos foi atropelada, em Santa Maria, por um motociclista, enquanto atravessava a faixa de pedestre. O Derick Menezes Lacerda foi levado ao Hospital de Base, onde precisou passar por uma cirurgia de reconstituição do crânio.
Até o momento o condutor da motocicleta ainda não foi identificado. A polícia está em busca de imagens de circuito de tv do supermercado, bem como de comércios próximos para tentar identificar o autor do atropelamento.
O menino estava acompanhado da mãe. Enquanto atravessavam a faixa de pedestre, localizada próxima ao Supermercado Então, na CL 403 de Santa Maria. Segundo relato da tia da criança, Simone Dreyer, o acidente aconteceu na noite do último sábado (18), por volta das 19h, quando atravessarem uma faixa de pedestres ao lado do supermercado, um motoqueiro não parou e acertou a vítima em cheio.
A mãe e a criança Ellen Menezes do Nascimento e a criança foram socorridas e encaminhadas ao Hospital de Base. A criança precisou passar por cirurgia no crânio que se estendeu até as 5h20 do domingo (19).
Simone contou que, apesar do susto, o pequeno não corre mais risco de morte. Porém, segue internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).
“Foi tudo tão rápido e desesperador que não tivemos nem mesmo tempo de fazer um boletim de ocorrência. Ele (motociclista) estava em alta velocidade. Precisamos achá-lo para fazer com que responda na Justiça pelo o que fez”, desabafou a tia da criança.
Um das poucas informações dos familiares que podem ajudar os policiais é que o motociclista estaria com uma camiseta branca na hora acidente. “Ele estava tão rápido que não conseguimos anotar a placa apenas identificamos a cor da camisa”, conta Simone.

Para ajudar a identificar o autor do atropelamento a família pede aos comerciantes próximos ao local do acidente que tiverem circuito de tv, disponibilizem as imagens para a Polícia Civil ou entrem em contado no telefone 61 98365-1575 para qualquer informação.


Fonte - Agência Satélite